Servidores de Jesus

Grupo Espírita em Niterói-RJ

Tag: trabalho

Trabalhar sempre

O trabalho no Grande Bem é tarefa constante e repositório incessante de bênçãos a quem, desinteressadamente, o pratica.

Comumente, temos a tendência de estratificar ou delimitar o serviço a
certas condições. Aceitamos a tarefa de forma condicional e estabelecemos
rígidos critérios particulares à sua execução: o horário, que não pode ser
antes ou após que tal ou qual, o tipo de tarefa, a quantidade de pessoas a
serem atendidas, as necessidades orgânicas, que postas em primeiro lugar, por vezes, interferem na qualidade do que se pretende realizar… Enfim, uma
série de pré-condições que afasta o trabalhador do trabalho a que fora
destinado. Isso, sem levar em conta o não ‘sentir-se preparado’ para atuar
na lavoura do Senhor.

No entanto, o chamamento é para o trabalho que não cessa, porque o mundo
está em constante movimento. A vida não para nunca e nós, como tripulantes
dessa nave, não podemos, igualmente, parar.

Talvez soe inglória a tarefa, talvez assuste a alguns, mas a ideia passa longe
disto. O chamado é para um despertar de consciências, para que pensemos,
cada um, o quanto conseguimos doar de nós em favor do próximo, sabendo
que próximo é todo aquele que não seja a nós próprios – pessoas, plantas, instituições, animais, o oxigênio -. Tudo aquilo que não sou eu é meu próximo.

Existem compromissos materiais assumidos na encarnação que, certamente,
devem ser cumpridos, como o trabalho com que se ganha o pão, os afazeres
sociais e familiares, etc. Ainda assim, é importante lembrar que o trabalho
do Cristo acontece em cada momento vivido, em cada respiração.

O tempo urge e devemos nos dedicar com mais afinco às coisas do Espírito.
A vida, que é pródiga de bênçãos, reclama de nós trabalho ativo e espírito
de sacrifício. Se cada um dá o que pode, e não há julgamento nisso, deve-se
também pensar no momento em que deverá aumentar sua cota de esforço
pessoal a bem da humanidade.

Disse-nos o Cristo que a porta era estreita. Não nos prometeu Ele, o Mestre
Amado, o Reino dos Céus num mar de facilidades. Disse inclusive que mais
fácil seria um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico
entrar no Reino dos Céus e não está o querido Irmão, aqui, condenando a riqueza, que muita utilidade tem se souber ser utilizada, mas refere-se, justamente, ao processo que nos levam o excesso de comodidades, fazendo-
nos esquecer do real valor da vida.

Amigos, qual é afinal o objetivo maior de estarmos aqui? Também isso,
Jesus deixou claro: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo,
primeiro como a nós mesmos e, mais tarde, aprofundando o significado,
amando-nos uns aos outros como Ele nos amou. Disse ainda: Nisto se resumem todas as leis e todos os profetas.

Mas para exercitarmos esse amor é fundamental que nos preparemos em
serviço ativo e dignificante no Bem.

Somos mais fortes quando acostumados aos labores cristãos e nos sentimos,
com isso, verdadeiramente felizes e regozijados com as benesses recebidas
pelo Amor do Cristo, que nos preenche por inteiro.

Muita paz a todos os corações e que a Luz do Mestre seja com todos nós.

Trabalho no bem

Ajudar o homem a se levantar é, quase sempre, muito difícil. Retirar da sarjeta moral em que se encontram os seres atualmente em desalinho no planeta, sejam encarnados ou desencarnados, é tarefa das mais complexas. Isso porque ao olhar a treva no outro, nos deparamos com a nossa própria treva; a sombra do outro, reflete a nossa também. E, inconscientemente, nos esquivamos à árdua missão de auxílio. O que vale dizer, e que talvez alguns não saibam, é que se ao olhar a treva do outro ela refletir a minha, ao mesmo tempo eu começo a iluminar a escuridão existente, porque ao oferecer amor, ao oferecer um olhar, um sorriso e o outro se iluminar de esperança, essa mesma luz também reflete e nos ilumina, acendendo ainda que de forma vaga, como a chama bruxuleante de uma vela, a vida nova.

A Terra sofre, as pessoas sofrem. A compaixão deve reinar em nós. Devemos arregaçar as mangas no trabalho incessante de ajuda ao próximo. Não estamos sós e não podemos encontrar a paz enquanto houver sofrimento. Vamos nos habilitar ao serviço do Bem, integrando as frentes de batalha redentora espalhadas em todos os setores. Não faltará trabalho a quem o procure.

Somos todos irmãos. Jesus nos quer unidos em Seu nome. Ele veio para nós que estamos enfermos e que nós, na mesma medida, possamos ajudar aos ainda mais enfermos. Jesus, nosso Irmão, nosso Guia, aguarda nosso fraternal concurso.

Muita paz em todos os corações e que o Cristo seja o farol a iluminar todos os caminhos.

Uma amiga dedicada.

A sintonia dos trabalhadores do bem

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Começamos o nosso auxílio a todos aqueles que buscam melhorias.

Àqueles que estão tristes e os que sofrem na dor, na perda e na falta de fé.

Auxiliamos aos desencarnados e aos encarnados, os que aqui estão e os que estão distantes.

O trabalho é gratificante quando temos sintonia e apoio dos encarnados, dos médiuns.

A energia trabalhada é intensa e ajuda a muitos, principalmente aos que estão perdidos.

Precisamos de muita ajuda, não conseguimos desenvolver sem a colaboração de um maior número de voluntários que buscam a paz.

Encontramos nas florestas, nos rios, nos mares e nos minerais os nossos remédios para os que necessitam, e são muitos os doentes.

Muitos aqui vêm para encontrar acalanto.

O amor e a caridade é o grande refrigério para todos os que buscam a felicidade.

Somos luz, somos paz, somos irmãos, somos vida!

 

Irmãos de luz

Chamamento ao trabalho

Companheiros de ideal,

Que a paz do Mestre possa habitar em todos os corações!

Que a tranquilidade se assenhore de nós nos momentos difíceis.

Saibamos fortalecer nossa fé com o vigor necessário. Sejamos tenazes e operosos porque há muito a fazer.

Temos insistentemente chamado a atenção para esse ponto porque o trabalho crescerá enormemente e todos os que aqui estamos, que fazemos parte do grupo de trabalhadores da última hora, temos que dar nossa contribuição da maneira mais eficaz possível, a fim de não nos perdermos no caminho.

Jesus não espera de nós nada que não possamos dar. Não espera, por ora, purificação ou redenção, porque sabe ele que ainda estamos caminhando infantes em sua Seara. No entanto, nos aguarda, mangas arregaçadas, ajudando a pastorear de volta todas as ovelhas perdidas no caminho.

Sejamos nós os mensageiros incansáveis e de boa vontade e o auxílio não nos faltará.

Que Deus e Jesus nos abençoem e orientem sempre e que saibamos agradecer todos os dias por tudo o que recebemos, sem o que, sozinhos, não teríamos condições de seguir adiante.

O Pai nos carrega no colo todos os dias sem que O vejamos. Vamos dar graças a isso!

Um Viva para Jesus e luz para todos os irmãos!

A força do trabalho no bem

A força do trabalho no bem gera uma corrente de inimaginável poder magnético. Esse magnetismo a tudo alcança e, envolvidos por ele, somos capazes de coisas que sequer supúnhamos.

Cada tarefeiro é um elo dessa corrente que vai se encadeando de modo tal, que situações irão acontecer de maneira imprevista. No entanto, sempre de forma a dar cabal cumprimento à tarefa.

Cada um que se vir envolvido em determinada força e, por vezes, ligados a outras pessoas, força essa que vai te encaminhando ao serviço (ainda que isso extrapole seus compromissos), não se esquive. Com certeza está como elo de uma dessas inúmeras correntes do bem.

O trabalho nos chama. Não nos desviemos. Sejamos fortes, resolutos e firmes. Só assim venceremos.

Isso é mediunidade.

Um fraterno abraço.

Um amigo de todos,

Irmão José

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Começamos o nosso auxílio a todos aqueles que buscam melhorias.

Àqueles que estão tristes e os que sofrem na dor, na perda e na falta de fé.

Auxiliamos aos desencarnados e aos encarnados, os que aqui estão e os que estão distantes.

O trabalho é gratificante quando temos sintonia e apoio dos encarnados, dos médiuns.

A energia trabalhada é intensa e ajuda a muitos, principalmente aos que estão perdidos.

Precisamos de muita ajuda, não conseguimos desenvolver sem a colaboração de um maior número de voluntários que buscam a paz.

Encontramos nas florestas, nos rios, nos mares e nos minerais os nossos remédios para os que necessitam, e são muitos os doentes.

Muitos aqui vêm para encontrar acalanto.

O amor e a caridade é o grande refrigério para todos os que buscam a felicidade.

Somos luz, somos paz, somos irmãos, somos vida!

 

Irmãos de luz

Bem aventurados espíritos

Bem aventurados os espíritos que ainda não se encontram condizente com as leis divinas, pois eles um dia estarão nos reinos dos céus!

A concessão de um trabalho será entregue em breve, para o exercício da nova caridade que será instalada, objetivando a ajuda ao próximo, que estará entrecortada com o trabalho de desobsessão.

A luz divina concede por concessão de uma nova era a esta casa de oração, em decorrência da evolução e do amor que é a base primordial dos trabalhos aqui exercidos, onde todos os irmãos de luz são bem vindos, onde não há desigualdade e sim a igualdade do Cristo Jesus.

Que a Paz e o amor de Jesus estejam em seus corações!

Um irmão da luz.

(psicografado por Paulo Fernandes)

Sonho e Trabalho

Pelo espírito de Igor (24/04/2007)

Amigo, o sonho sem razão é o delírio que desvirtua-te do bom caminhar. Sonha sim, mas de mãos dadas sempre com o trabalho. Sonha que o trabalho dos teus dias te guiarão aos caminhos de que necessitas para o futuro que a Terra merecerá brevemente.

© 2019 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑