Servidores de Jesus

Grupo Espírita em Niterói-RJ

Tag: terra

Nova Era

Aos amigos de jornada,


Novos tempos se iniciam no coração dos homens. Nada é sem razão de ser,
disso bem o sabeis e a palavra de ordem é confiança. Jesus, o meigo amigo
de todas as horas, é nosso perene amparador. Somos tutelados seus desde a
primeira hora. Pois bem, hoje, quando muitas horas já se contaram no seio
do universo que nos abriga queremos desmerecer ou desacreditar a tutela
de tão nobre irmão?!


Seremos sempre os filhos amados, mas não só nós, todos os que habitam
esse orbe que nos serve de casa, os que sofrem, os que choram, mas
também, e, principalmente, os que fazem sofrer, os que fazem chorar.
Diante da desgraça, ora! Perante as crueldades praticadas, pede ao Senhor
da Vida misericórdia para tantos quantos ainda estejam em tão duros erros
e profundas amarguras.


Quem sofre merece a nossa compaixão, mas aquele que causa o sofrimento é
credor de nossas orações mais sentidas porque a dor dele é muito maior.
Aquele que provoca o sofrimento tem dentro dele uma dor tão grande, tão
grande, que só o que sai dele é dor. Pensemos que só externamos o que
possuímos. Pois se alguém coloca para fora de si o azedume da maldade que
ainda a caracteriza é porque dentro dela há uma dor precisando ser tratada.
O remédio, portanto, mais eficaz para essa cura é o amor. Somente através
da terapia do amor, curaremos as dores do Planeta, as nossas e as de
outrem em planos menores, dando início a uma nova era.


Imagine se cada um de nós, que já consegue dar algo de si, adotasse como
prática, a tutela de algumas pessoas ou seres a quem pudesse doar amor! A
pessoas difíceis, as quais tantas vezes se prefere a distância, praticar o
amor somente. Em não muito tempo seria uma grande corrente: cada um
tutelando alguns e todos em vibração amorosa pelos seres da Terra. Disso
resultaria uma mudança considerável, alterando as condições do Planeta, que
seria mais leve, mais propício a esse momento que se aproxima.
No dia de hoje, desejo a todos muito amor.


Que Jesus nos abençoe!

Um amigo

Construir a paz

A terra é nossa atual casa, nossa escola, nosso educandário. Cuidemos bem do nosso planeta!

Que possamos unir nossas mãos em volta do nosso orbe. Que nos liguemos uns aos outros na missão de reconstruir a paz, para que a paz habite em cada um de nós.

A cada nascer do sol, uma nova oportunidade! Chances temos aí, de refazer todo o nosso caminho.

A cada pôr do sol, a bênção da reflexão para exame particular de todas as nossas atitudes.

Somos irmãos, irmãos! Vamos nos tratar com sentimento da máxima fraternidade e nos empenhar nessa tarefa de refazimento e reconstrução.

O lugar que ora ocupamos serve tão somente para darmos azo ao aprimoramento das lições estudadas, aprendidas.

Que possamos nos reunir em um fraternal amplexo de luz!

Enviemos ao mundo e às pessoas que nele coabitam conosco, os melhores sentimentos. Enviemos luz, muita luz!

Que a paz do Augusto Senhor da Vida esteja com todos!

Deus e a Terra

Deus, em sua misericórdia, não possui ansiedade de ver acabada a sua obra na Terra. Ele tem como colaboradores os seres que ama, a humanidade inteira: feita de homens em jornada de aperfeiçoamento, de embelezamento da natureza planetária e da própria intimidade do ser.

Existirão mudanças na geografia da Terra, produto de uma natural acomodação geológica. Entretanto, a inteligência humana estará atenta para organizar e agir preventivamente, atendendo as populações atingidas. Tecnologias adequadas serão movimentadas no afã de mitigar, de resolver os problemas que afligem a humanidade.

Nada há a temer quando se crê nesse Pai maior e na própria capacidade humana em criar, analisar e resolver problemas.

Será uma grande oportunidade para reafirmar os desígnios de Deus, fazendo-nos, a todos, mais fraternos e unificados no propósito de nos considerarmos como habitantes iguais, sem discriminações ou preconceitos, neste planeta imenso e belo.

É importante que o Homem, instruído nas tarefas do amor, da ciência e da governança seja destituído de medos, de ansiedades prematuras. Pois são muitas as vozes perturbadas por uma necessidade de destaque no anúncio de catástrofes.

As mudanças climáticas pretendidas ocorrerão sim, trazendo como consequência que os homens deverão resolver mais este desafio. Porém, a capacidade humana é praticamente ilimitada, pois a criação, a inteligência são dons divinos, para as soluções e melhorias.

Os espíritos atuam constantemente, renovando as forças vitais do planeta, pois que dele precisamos para permitir nosso retorno e constante progresso.

Tenhamos calma e ponderação. Cada um fazendo a sua parte, num processo de renovação íntima e de responsabilidades perante a sociedade e a natureza… Mas tenhamos fé, pois, Deus nos governa.

Vamos trabalhar em paz, vamos nos relacionar em paz, porque esse é o sentimento reinante no espaço, entre os diversos orbes.

Quando a humanidade estiver viajando para fora do seu limitado sistema solar, os sentimentos de paz e serenidade vivenciados alimentarão novamente a fé em Deus. A segurança que a noção de sua existência nos dá permitirá um impulso gigantesco no processo experimentado pela humanidade.

Por hora, debrucemo-nos no estudo da ciência que rege as leis do nosso pequeno-grande mundo, entendamos seus movimentos, suas dinâmicas e as condições de sua formação. A ciência e a ação espiritual não são antagônicas. O dogma da separação entre ciência e a religião também será superado e a Terra será então iluminada com a colaboração de ambos os lados da vida para a proposta de desenvolvimento de uma fé baseada no raciocínio e no sentimento.

A ciência e a ação espiritual não são antagônicas.*

Uma civilização radiante, harmônica e dirigida para os propósitos de aperfeiçoamento constante… em prol da fraternidade: assim entendido deve ser o sentimento que nos unirá a outras raças, em outros orbes no intercâmbio de conhecimentos e emoções.

*o grifo é nosso.

© 2019 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑