Servidores de Jesus

Grupo Espírita em Niterói-RJ

Tag: psicografadas

Bula e Evangelho

Assim como ao nascermos somos considerados um presente de Deus por àqueles que escolhemos para serem nossos pais , também desse mesmo Deus recebemos o presente da reencarnação que nos foi concedida para que tenhamos a oportunidade de evoluir através da reparação dos nosso débitos em vidas passadas.

Esse presente tão especial – a reencarnação, vem com determinado prazo de validade estipulado e certificado de garantia, que está na dependência de como é utilizado para melhor entendimento do que se refere ao prazo de validade e certificado de garantia devemos estabelecer uma comparação entre a bula que acompanha todo medicamento que se destina à cura das mazelas da matéria e o Evangelho que reúne os ensinamentos de Jesus que vão nos auxiliar na cura das mazelas espirituais.

A bula que acompanha os medicamentos estabelece as recomendações imprescindíveis para garantir a eficácia do tratamento para o corpo físico, enquanto que o Evangelho dita os ensinamentos de Jesus para que o presente da reencarnação atinja a sua eficácia, permitindo que o processo evolutivo seja progressivo e permanente.

É o maior ou menor grau de obediência tanto à bula como aos ensinamentos do Evangelho que vão contribuir para reduzir ou dilatar o prazo de permanência da vida no Planeta.

Como zelar para que o presente da reencarnação seja aproveitado de forma eficaz vai depender do grau de evolução que cada ser humano já tenha adquirido , uma vez que, somente a ele cabe essa responsabilidade.

Como é de hábito sempre que somos presenteados, agradecer pelo presente recebido, só nos cabe demonstrar ao PAI MISERICORDIOSO nossa gratidão através do empenho e do esforço para nos deixar guiar pelos seus ensinamentos.

Lá se foi o tempo!

Lá se foi o tempo em que uma das formas de comunicação era o diálogo sempre presente nas relações afetivas.
Lá se foi o tempo em que a comunicação envolvia um sentimento de afeto.

Um sentimento carinhoso.

Lá se foi o tempo em que a comunicação era o veículo usado pelos membros de uma família para estreitar os laços de uma união sincera.

Lá se foi o tempo que através da comunicação os avós contavam história para seus netos, os pais aconselhavam seus filhos e a imprensa divulgava notícias sérias em que se podia acreditar.

Lá se foi esse tempo.

E há algum tempo progressivamente a comunicação vem passando por um processo de deterioração que perdeu todo esse aspecto de transmitir ideias, conselhos, ensinamentos e se transformou num veículo de incitação ao ódio e a violência obrigando a todos nós ter muita cautela ao tentarmos nos relacionar uns com os outros.

E há algum tempo que o diálogo, o bate e papo entre a família e amigos foi substituído pelo avanço da tecnologia de tal forma que se tornam cada vez mais destituídas de calor humano e o que é pior meio de vinculação de ideias e pensamentos que exigem cada vez mais que àqueles avós, àqueles pais de um passado que deixou saudade se obrigam a s preocupação constante e permanente com esse aspecto profundamente negativo que tomou conta da comunicação que de prazerosa se transformou em
desastrosa.

E, se já algum tempo esse fato vem sendo constatado no dia a dia de nossas vidas já é mais que tempo de nos prevenir contra os prejuízos que vem causando a geração atual e poderá atingir as futuras seguindo rigorosamente um dos conselhos de Jesus em seu Evangelho: ORAI E VIGIAI!

MUITA PAZ

Joio e trigo

O trigo floresce e farfalha nos campos em flor. O semeador, atento, cuida de sua colheita para que retire dela o que houver de melhor e, não raras vezes, percebe o joio instalado ao meio. No entanto, o trigo ao se perceber invadido, vai tentar crescer com mais força e vigor.

Da mesma forma, nós precisamos das dificuldades para que saiamos de nossa inércia e ociosidade e assim, avançarmos.

Por vezes, joio e trigo precisam caminhar juntos, percebendo-se um ao outro. Nós, igualmente, precisamos andar de mãos dadas com as dores que nos chegam para que tenhamos, assim, o bom ânimo de encará-las e vencer.

Deus nos corações hoje e sempre!

Homens de Cristo

As colinas douradas sob o Sol são um espetáculo de rara beleza. Vislumbrar ao longe esse cenário sublime é como ver as coisas de Deus, que sempre encontram-se na natureza e que diariamente nos mostra como é divina a Vida.

Nesse ambiente, que era lindo aos olhos de quem sabia ver as coisas de Deus nos mínimos detalhes, mas que ao mesmo tempo poderia ser bastante hostil também, em virtude de suas características é que nasce o Cristianismo, tendo sido vencedor graças à determinação, coragem, força e fé dos apóstolos sinceros e dedicados, que não se deixaram intimidar pelas forças ocultas e sinistras a tramarem, sem conseguir, o fim das coisas de Deus.

Esses homens, que sentiram fome e frio, que na região inóspita em que perpassaram foram, por vezes, vítimas de saqueadores à beira do caminho, dormiram ao relento e mendigaram, mas não desistiram.

Foram eles que fizeram chegar até os nossos dias a divina mensagem de amor deixada por Jesus. Homens de bem, homens de fé, homens do mais puro amor.

Bendigamos os discípulos do Mestre em toda a sua grandeza e nos espelhemos em suas ações.

Paz nos corações!

Batalhas

Lutas sem fim. Trégua não há. Batalhas incessantes as que travaremos conosco mesmo a fim de despertarmos o excelso espírito que jaz latente em nós com as sombras aparentes e inquietantes que nos moldam o atual caráter. Atual, porém provisório. O enfrentamento é necessário e devemos fortalecer nossa fé para que seja feito sem medo, sem amarras e sem enganos.

Confiemos na Providência Divina que tudo sabe e que nos ajudará no caminho do Bem que ora iniciamos.
Paz e luz.

Não atravesse o tempo

Respira!

Espera!

Observa!

Reflete!

Por que a pressa agora? Tu que andaste distraído até ainda há pouco, por que queres responder a tudo o que te aflige assim, abruptamente, como se fosse a tua última chance?

Silencia!

Aguarda!

Não atravessa o tempo!

Atenta para o que está a te rondar, para o bem e para o mal, e detenha-te a compreender a dimensão de tais correntes.

Evidencia-se em teu caminho uma encruzilhada. Vê nisso uma oportunidade.

Novas escolhas se abrem diante de ti, mas deves estar vestido de mansidão para saborear o prazer das sábias decisões.

Apresenta-se em teu caminho uma porta que se abre a experiências ainda não vivenciadas por ti.

Mas não terás sensibilidade para divisá-la se estiveres preso como estás a problemas insolúveis do plano material.

Liberta-te por momentos de tua razão, esse gigante que por vezes te cega.

Na terra dos teus mistérios mais profundos é a voz do teu coração que te conduzirá a todas as respostas que importam.

Acalma a tua alma e escuta o que tens para ouvir!

Um amigo espiritual

Rosas

Palavras são como rosas que têm pétalas e espinhos. Ditas ou escritas, guardam muitas finalidades.

Como os espinhos, servem para nos defender, ou para ferir. Como as pétalas, alegram corações aflitos, saudosos, angustiados.

Cada palavra tem uma cor única, que vibra ou cria pausas.

Cada palavra tem uma vibração própria, se dita mais baixo ou se gritada. Se calada nas entrelinhas. Se escrita entre vírgulas, se suspensas na frase.

Pode ter muitos significados, uma mesma palavra.

Como as rosas, servem para presentear, agradecer, enaltecer. Ou para declarar paixões não correspondidas, para enganar sobre sentimentos verdadeiros que não se quer mostrar.

No jardim das palavras nasce a cada dia a possibilidade do perdão, da caridade, da entrega.

No jardim das palavras resta suspensa a escolha sobre que destino dar-se-á a elas.

No jardim das palavras, cujo solo mais fecundo é o teu coração, está a dormitar a tua chance de trabalhar e de aprimorar o teu próprio espírito.

Aproveita a riqueza com que foste presenteado!

Um amigo espiritual

 

© 2018 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑