Servidores de Jesus

Grupo Espírita em Niterói-RJ

Tag: mensagem psicografada

A força do trabalho no bem

A força do trabalho no bem gera uma corrente de inimaginável poder magnético. Esse magnetismo a tudo alcança e, envolvidos por ele, somos capazes de coisas que sequer supúnhamos.

Cada tarefeiro é um elo dessa corrente que vai se encadeando de modo tal, que situações irão acontecer de maneira imprevista. No entanto, sempre de forma a dar cabal cumprimento à tarefa.

Cada um que se vir envolvido em determinada força e, por vezes, ligados a outras pessoas, força essa que vai te encaminhando ao serviço (ainda que isso extrapole seus compromissos), não se esquive. Com certeza está como elo de uma dessas inúmeras correntes do bem.

O trabalho nos chama. Não nos desviemos. Sejamos fortes, resolutos e firmes. Só assim venceremos.

Isso é mediunidade.

Um fraterno abraço.

Um amigo de todos,

Irmão José

O poder da oração

Irmãos de fé,

Nunca desprezem o poder da oração! Façam dela um hábito constante em suas vidas. A oração tem que ser incorporada à rotina da mesma forma que os hábitos de higiene pessoal e alimentação.

Sem ela, teremos muita dificuldade em organizar nossa mente.

Essa arma poderosa nos liga à divindade. Não só à Divindade superior, mas também à divindade interior, porque ao nos conectarmos com a sua imensa força, traçamos um raio que parte em direção ao Alto, mas que em sentido inverso, nos atravessa. A oração pode e deve ser usada como um instrumento (dos muitos que existem) para o autoconhecimento, porque através dela permitimos que tudo possa se organizar em nós e, ao mesmo tempo, se desprender de nós.

Oremos, oremos sempre, em qualquer situação, em qualquer ocasião, na alegria ou no infortúnio. Sempre orando, ajudaremos a nós e ao próximo, pois não nos esqueçamos de que a luz que acendemos na oração ilumina uma enorme distância ao nosso redor.

Que a paz de Jesus nos acompanhe sempre!

A Boa Notícia

No arrepio da carne, semblante encanecido, suavizava-me na esperança de dia melhores.

Transitei caminhos longínquos, a cada ponto de um determinado país.

De olhos soterrados, me expus na trilha de conhecer a Boa Nova.  Ao permitir um olhar de paz, dos divulgadores do Nazareno, mente e corpo alinharam na esperança de amenizar e acreditar na melhoria espiritual.

Permito-me a separar o antes, com a volúpia de sanções e depois, o ensinamento do AMOR. Se os olhos e mente desenhava a ignomia, o depois mostra a suavidade em formato dulcificante, a mensagem pregada por JESUS.

Para aquela época, ter um pergaminho, a escritura dos ensinamentos do filho ilustre de Nazaré era a sentença para o corpo eclesiástico daquela época.

No entanto, o pergaminho de Mateus soou em meus tímpanos como um melodia.

Hoje, reflito ainda o tempo e a felicidade de conhecer a Notícia Nova, o ensinamento do nosso irmão JESUS CRISTO, objetivando ainda evoluir espiritualmente.

Que a alegria e a paz estejam presentes em ti!

Irmão Belizário.

(recebida na sessão de psicografia do dia 13/10/2015)

© 2017 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑