Servidores de Jesus

Grupo Espírita em Niterói-RJ

Author: GESJ (page 1 of 8)

A imaginação, a caridade e a mediunidade

É pela ordem mental, além da perispiritual, que muitos de nós, espíritos, nos apresentamos para a jornada na Terra de esclarecimentos e desenvolvimento do ser humano rumo a Deus.

É preciso compreender que a mediunidade cristã se desenvolve por dois aspectos fundamentais: a mente e a caridade.

A mente, com sua constituição imagética e simbólica, é uma via fértil para a canalização dos nossos pensamentos, os dos espíritos, em comunicação com o plano terreno. É na imagem mental que muitas vezes encontramos pontos de conexão para a abertura da mediunidade. Portanto não se enganem se, às vezes, de uma imaginação humana, nasce a chama da comunicação mediúnica. Algumas vezes ela é uma chave da conexão que liga o perispírito do médium com o perispírito do comunicante, mutuamente. Este é um tema de necessário aprofundamento, tanto no campo da Psicologia quanto do Espiritismo.

Por fim, a caridade, elo sublime que faz com que o perispírito do médium se dilua com o aparelho mental do comunicante para que se formalize o pensamento a ser transmitido na via do bem. O médium, imbuído do sentimento de caridade, é um caminho aberto para a espiritualidade Cristã que ajuda a desenvolver o aparelho mediúnico tão somente com o objetivo de fortalecer a mensagem do Cristo no coração humano terrestre, qual seja, o amor ao próximo, única verdadeira máxima universal que permite a ligação do espírito terreno com o espírito divino, na direção da libertação espiritual verdadeira.

Continuemos.

Sobre o amor e o amar

A prevalência do nobre sentimento há de ser cultivada em todos os estágios de evolução.

Hoje pensamos o amor como a fraternidade, caridade, resignação, olhar o outro como a nós mesmos.

Nesse entendimento, ainda limitado do amor, não somos capazes de alcançar o amor do Pai sobre seus filhos.

Mas ainda não importa.
Importa praticar.

Não há outro meio de praticar o amor se não com o próximo.

Este é o caminho a ser percorrido.

E quando a mente fluir no amor, ainda que não incondicional – este é um outro aprendizado – estaremos aptos para vivenciarmos o predomínio do bem.
Ao afirmar Jesus sermos deuses, esperava e espera de nós pequenos gestos de devoção de amor para com o próximo.

Está é a semente divina, prestes a brotar e que somos portadores.
Sigamos amando.

Deus, Pai de Misericórdia, nos abençoe.
um espírito amigo,

Trabalho no bem

Ajudar o homem a se levantar é, quase sempre, muito difícil. Retirar da sarjeta moral em que se encontram os seres atualmente em desalinho no planeta, sejam encarnados ou desencarnados, é tarefa das mais complexas. Isso porque ao olhar a treva no outro, nos deparamos com a nossa própria treva; a sombra do outro, reflete a nossa também. E, inconscientemente, nos esquivamos à árdua missão de auxílio. O que vale dizer, e que talvez alguns não saibam, é que se ao olhar a treva do outro ela refletir a minha, ao mesmo tempo eu começo a iluminar a escuridão existente, porque ao oferecer amor, ao oferecer um olhar, um sorriso e o outro se iluminar de esperança, essa mesma luz também reflete e nos ilumina, acendendo ainda que de forma vaga, como a chama bruxuleante de uma vela, a vida nova.

A Terra sofre, as pessoas sofrem. A compaixão deve reinar em nós. Devemos arregaçar as mangas no trabalho incessante de ajuda ao próximo. Não estamos sós e não podemos encontrar a paz enquanto houver sofrimento. Vamos nos habilitar ao serviço do Bem, integrando as frentes de batalha redentora espalhadas em todos os setores. Não faltará trabalho a quem o procure.

Somos todos irmãos. Jesus nos quer unidos em Seu nome. Ele veio para nós que estamos enfermos e que nós, na mesma medida, possamos ajudar aos ainda mais enfermos. Jesus, nosso Irmão, nosso Guia, aguarda nosso fraternal concurso.

Muita paz em todos os corações e que o Cristo seja o farol a iluminar todos os caminhos.

Uma amiga dedicada.

Brasil e a regeneração

Palestra com Andrea Auar:
Clique aqui para assistir ao vídeo

Homossexualidade, Transexualidade e Preconceito à luz da Doutrina Espírita

Assista à palestra com Luiz Cláudio Alfradique:
Link do vídeo

As Bem Aventuranças

Baixe a apresentação pelo link abaixo:

AS BEM AVENTURANÇAS

A casa espírita

Baixe o arquivo PPT pelo link abaixo:

A CASA ESPÍRITA

Palestra: Ensinar as crianças a amar

No dia 16 de dezembro (sábado), às 17h no GESJ, a palestrante espírita, professora, escritora e membro da diretoria do Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro (CEERJ) na Área de Educação, Lucia Moysés, realizará a palestra “Ensinar as crianças a amar”.

Contamos com a sua presença!
Muita Luz.

Seminário obsessão, auto-obsessão e transtornos mentais. Entrada franca.

Palestrante: Janos Alves da UMEN

Data: 15 de outubro das 09h às 15h

Entrada franca

Teremos um almoço beneficente com valor de R$20,00

Venha participar com a gente!

Muita luz.

 

 

Ciranda

Cantos e contos

Roda a ciranda

Nasce a cantiga

Que canta e encanta

Em boca e mãos amigas

Mãos entrelaçadas

Somos todos companheiros

Ontem, fracos e perdidos

Hoje, unidos jornadeiros

Flores de luz

Perfumes de suaves notas

Refaçam-nos o áspero caminho

Nas esperanças que em Deus coloca

Somos irmãos, somos muitos e só um

Girando, cantando e sonhando

Na alegria do renascer

Em um mundo todo azul

Muita luz!

Older posts

© 2018 Servidores de Jesus

Theme by Anders NorenUp ↑